Escola Arte do Museu - Educação Infantil ao Fundamental I

Dicas de bem estar em tempos de Coronavírus.

1. Fique em casa, como já deve estar cansado de ouvir. Porém, se você pôde permanecer em sua residência, não se perca. Quarentena não é férias; a semana continua com os dias úteis. Então, ao se levantar, troque-se como se fosse sair para o trabalho ainda que vá fazer home office. Senão, o desânimo vai se aproximar e você pode se perder inclusive para as tarefas que terá que desempenhar em casa.

2. Feito isso, providencie um espaço para o trabalho, caso não exista, e dirija-se a ele todos os dias. Isso ajuda a estabelecer um rotina para o home office.

3. Monitore horários para: trabalho, refeições - aliás, não se descuide delas! -, acompanhamento dos filhos nas lições remotas... em suma: crie rotina. Ela trará conforto e sensação de normalidade.

4. Caso more com outras pessoas: viva a quarentena coletivamente. Frequentemente, essa dimensão fica esquecida na correria do cotidiano, mas o senso de grupo promove segurança e amparo. Todos devem se responsabilizar pelos cuidados com a casa e a alimentação - inclusive as crianças, ajudando conforme a faixa etária.

5. Reserve tempo para conversas e atividades lúdicas, como jogos. É hora de resgatar hábitos talvez abandonados e que signifiquem "ficar mais juntos", num objetivo comum. Assim, podemos nos aproximar e, quem sabe, deixar um pouco os celulares de lado, ainda que momentaneamente.

6. Busque o autoconhecimento e selecione com cautela as fontes de informação. Diferentes tipos de mídia invadiram nossos lares sem pedir licença e o excesso de informação intoxica a mente como um vírus. Cheque as fontes para não cair em fake news.

7. Mantenha o contato com os familiares e amigos. Vínculos e identidades devem ser preservadas, ainda que virtualmente; o afastamento pode ser emocionalmente nefasto.

8. Por fim, procure fazer coisas para fruir o pensamento: leia um livro de um gênero que aprecie; cultive a espiritualidade do jeito que escolher; aprecie obras de arte nos sites dos grandes museus... use a imaginação para manter a sanidade e tenha sempre uma certeza: de que tudo vai passar e o amanhã será diferente.